Por mais saúde!
Melhorar a saúde no Brasil também depende de sua atitude e posicionamento! Participe da Consulta Pública da ANS e ajude a ampliar o rol de cobertura dos planos de saúde.
Da Redação - Publicado: 14/07/2017 - Atualizado: 17/12/2017

Por Andréa Bento

Um dos grandes sonhos do brasileiro é ter garantido seu direito à saúde, para que possa desfrutar de qualidade de vida durante toda sua vida. Muitos passam uma vida de limitações economizando cada centavo para garantir seu futuro na aposentadoria e evitar acabar numa fila de corredor de hospital público, aguardando para ser atendido.

Há idosos que gastam quase toda sua aposentadoria em um bom plano de saúde para garantir um atendimento de Urgência e Emergência. Porém, a saúde não deve ser considerada um negócio nem mercadoria, mas sim um direito de cidadania!

A assistência à saúde no Brasil é um direito de todos garantido constitucionalmente; porém, como o sistema é insuficiente para atender todos os cidadãos, a saúde suplementar faz o papel de contemplar 50,8 milhões de usuários.

Para regular esse mercado, em janeiro de 2000 foi criada a ANS – Agencia Nacional de Saúde, órgão fiscalizador e controlador das operadoras de saúde, que visa garantir os direitos dos consumidores/usuários de planos de saúde. Com a criação de programas de qualidade, indicadores, cartilhas educacionais, projetos como: parto adequado, oncorrede, idoso bem cuidado entre outros, a ANS vem desempenhando um excelente trabalho para proteger os interesses dos usuários.

Para garantir maior cobertura, criou um Comitê Permanente de Regulação da Atenção à Saúde – COSAÚDE, que visa atualizar a cada dois anos o rol de Procedimentos e Eventos em Saúde de cobertura mínima (exames, medicamentos, consultas) que as operadoras de saúde devem fornecer para os pacientes. Isso garante o acesso dos pacientes a tecnologias inovadoras, que muitas vezes salvam suas vidas. Quando falamos de oncologia, essa revisão de cobertura mínima é essencial.

O Instituto Lado a Lado pela Vida, que tem na sua missão melhorar o acesso dos pacientes com câncer no Brasil, está realizando uma campanha de conscientização, com o apoio de outras associações de saúde, para que toda população brasileira usuária de plano de saúde possa contribuir e, consequentemente, ampliar sua cobertura de procedimentos, exames e medicamentos junto às operadoras de saúde. Trata-se de uma grande oportunidade para a sociedade civil lutar pelos seus direitos.

Não é um trabalho fácil, mas com o engajamento de TODOS podemos fazer mais por saúde!

Veja aqui como contribuir!

 

Andréa Bento é advogada, consultora de Advocacy do Instituto Lado a Lado pela Vida

Saúde